Paulo De Pontes

Ator


Natural do Rio de Janeiro, começou sua carreira em Pernambuco.

Atuou em diversos espetáculos teatrais, televisão, comerciais e cinema.

Dos mais de quarenta espetáculos teatrais destacam-se: O fanático (1984) – Festival de Teatro de Bolso PE, Prêmio de Ator Revelação, Pulem, o barquinho vai afundar (1985) – Mostra de Teatro do Fundão PE, Prêmio de Melhor Ator, Don Chicote Mula Manca (1986) – Prêmio de Melhor Ator, A Lira dos Vinte Anos (1991) – Festival de Teatro e Dança de João Pessoa, Prêmio de Melhor Ator Coadjuvante, Em Nome do Desejo (1992) – Festival de Campina Grande, Prêmio de Ator Revelação, Deu a louca na história (1995-2000), temporada por diversas cidades do Nordeste e também em São Paulo e Rio.

Escreveu e dirigiu Dona Morte Vira Vida (2001), Festival Janeiro de Grandes Espetáculos de Recife.

Ganhou ainda o Prêmio de Melhor Ator em 2004 pelos espetáculos A Caravana da Ilusão e As Malditas.

Atuou em campanhas publicitárias, vídeos institucionais e em programas como A Volta de Lampião (Rede Globo NE), Câmera Café (SBT), Amigas e Rivais (SBT) e A Diarista (Rede Globo).